É hora de passar dos compromissos à ação!

O Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil foi um compromisso assumido pelo Grupo Regional da América Latina e do Caribe (GRULAC) durante a IV Conferência Mundial sobre a Erradicação Sustentada do Trabalho Infantil, realizada em Buenos Aires em 2017, com o objetivo de estimular a promoção de alianças com múltiplos atores e o fortalecimento de políticas públicas em torno do tema.

Dois anos depois, e graças ao trabalho ativo do Itamaraty, foi possível que, durante a 73ª Assembleia Geral das Nações Unidas, 78 países apoiassem a Resolução para declarar 2021 como o Ano Internacional para a Eliminação do Trabalho Infantil, uma oportunidade histórica para agir, inspirar e escalar os nossos compromissos em ações concretas e efetivas que garantam os direitos da infância e da adolescência.

Todos contribuímos a partir dos nossos diversos papéis para que os milhões de meninos, meninas e adolescentes que trabalham, e aqueles que estão em risco de fazê-lo, não fiquem para trás.

Em 2021 vamos acelerar o passo em direção à meta 8.7 e vamos mostrar que na América Latina e no Caribe podemos pôr fim ao trabalho infantil.

Junte-se também ao Ano Internacional 2021 e vamos agir agora!

Cobertura: Selecciona

Por una región #SinTrabajoInfantil: en ruta hacia 2025

Quarta-feira, Dezembro 15, 2021

Año internacional

América latina e caribe

Durante el evento, se compartieron las acciones implementadas a lo largo de 2021, en materia de prevención y eliminación del trabajo infantil, por los gobiernos y las organizaciones de empleadores y de trabajadores miembros de la Iniciativa Regional América Latina y el Caribe Libre de Trabajo Infantil, una red regional de 30 países, basada en el diálogo social y alineada con la meta 8.7 de los Objetivos de Desarrollo Sostenible, que llama a poner fin al trabajo infantil en todas sus formas en 20...